Valvulopatias Tricúspides Boa Vista, Roraima

Informações sobre Valvulopatias Tricúspides em Boa Vista. Encontre aqui endereços e telefones de médicos especialistas, clínicas e hospitais em Boa Vista, além de artigos sobre Valvulopatias Tricúspides.

Cdo - Centro de Diagnóstico Ocular
(95) 3624-1218
Rua Coronel Pinto 397
Boa Vista, Roraima
 
Clínica São Mateus
(95) 3623-3999
Avenida Glaycon de Paiva 1056
Boa Vista, Roraima
 
Clínica Neuroscan
(95) 3224-8003
Rua José Coelho, 38
Boa Vista, Roraima
 
Clínica Monte Gilead
(95) 3625-0219
Rua Solon Rodrigues Pessoa 818 qd 38
Boa Vista, Roraima
 
Clínica Fisiocorpo
(95) 3624-4316
Rua Pedro Rodrigues 1440 s 3
Boa Vista, Roraima
 
Cecor
(95) 3224-4712
Avenida Brigadeiro Eduardo Gomes, 3497
Boa Vista, Roraima
 
Clínica Arcoverde
(95) 3624-3993
Rua Rocha Leal, 204
Boa Vista, Roraima
 
Clínica Pró Mater
(95) 3224-0899
Rua Roberto Costa 78
Boa Vista, Roraima
 
Clínica São Luiz
(95) 3224-4963
Avenida Nossa Senhora da Consolata 760
Boa Vista, Roraima
 
Clínica Mãe de Deus
(95) 3224-0325
Avenida Major Williams 1782
Boa Vista, Roraima
 

Valvulopatias Tricúspides

As patologias existentes nas válvulas tricúspides, que comunicam o átrio e o ventrículo direitos, podem ser de dois tipos:No caso da estenose da tricúspide, não há a abertura completa desta, o que causa a hipertrofia do átrio direito, objetivando bombear o sangue para o ventrículo direito.Quando se trata da insuficiência da válvula tricúspide, nos casos de fechamento valvular comprometido, parte do sangue bombeado para o ventrículo direito volta para o átrio direito, acumulando-se nesta cavidade, resultando na sua dilatação.Alterações na válvula tricúspide habitualmente não aparecem naturalmente, pois suas causas mais comuns são: febre reumática, miocardiopatia, endocardite, doença coronária e até as valvulopatias aórticas e mitrais. A única causa de patologia da tricúspide pura é a hipertensão arterial pulmonar, onde as manifestações são mais específicas.Comumente, este tipo de valvulopatia evolui sem apresentar sintomatologia alguma durante muitos anos, até surgirem manifestações clínicas próprias da insuficiência cardíaca direita. Em outras palavras, aumento de peso sem causa aparente, o edema ou inchaço das pernas, dor abdominal, fadiga e debilidade muscular. De qualquer modo, como é comum a presença simultânea de valvulopatias da câmara cardíaca esquerda, também é comum a presença de determinados sintomas e complicações, como dispnéia, palpitações e angina de peito.A terapêutica adotada neste caso é similar a terapêutica adotada nos outros tipos de valvulopatias (mitral e aórtica), na qual se deve reduzir o nível de sal da dieta, utilizar certos medicamentos como digitálicos, diuréticos, antiarrítmicos, e nos casos mais graves, submeter o paciente ao tratamento cirúrgico, substituindo a válvula por uma prótese, ou então, reparando a válvula, quando possível.Fontes:http://www.medipedia.pt/home/home.php?module=artigoEnc&id=120http://www.manualmerck.net/?id=45http://www.imcc-cardio.com.br/site2010/suasaude.php?cntId=58