Urologia Osasco, São Paulo

Informações sobre Urologia em Osasco. Encontre aqui endereços e telefones de médicos especialistas, clínicas e hospitais em Osasco, além de artigos sobre Urologia.

Fernando Gradim Bastazini
R Quinze de Novembro 268
Assis, São Paulo
Especialidade
Urologia

Dados Divulgados por
Wagner Aparecido de Avila
Rua Doutor Antonio Jose Luciano 334
Osasco, São Paulo
Especialidade
Urologia

Dados Divulgados por
Riberto Luiz de Siqueira Liguori
(11) 3681-2676
Monica Maria Hubacher 38
Osasco, São Paulo
Especialidade
Urologia

Dados Divulgados por
Rubens Bozola
Rua Guaianazes 1785
Tupa, São Paulo
Especialidade
Urologia

Dados Divulgados por
Delboni Auriemo
Av. Jurua 434
Barueri, São Paulo
Especialidade
Urologia

Dados Divulgados por
Livio Beneduzzi Neto
113-6827
Pedro Fioretti 293
Osasco, São Paulo
Especialidade
Urologia

Dados Divulgados por
Mario Monteiro Filho
(18) 3322-7723
Av Rui Barbosa 1303
Assis, São Paulo
Especialidade
Urologia

Dados Divulgados por
Benjamim Haroldo Pereira Bettin
Rua Guaianazes 1785
Tupa, São Paulo
Especialidade
Urologia

Dados Divulgados por
Flávio Haruyo Iizuka
114-1934
Madeira 258 - 19º And.
Barueri, São Paulo
Especialidade
Urologia

Dados Divulgados por
Domingos Aiello Filho
Alameda Madeira 258 - 9 Andar
Barueri, São Paulo
Especialidade
Urologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Urologia

A Urologia nasceu como especialidade médica, clínica e cirúrgica, abrangendo o diagnóstico, orientação, tratamento e acompanhamento de um grande número e complexidade de enfermidades congênitas ou adquiridas, infecciosas, traumáticas, tumorais ou degenerativas do sistema urinário, em ambos os sexos, adulto ou infantil e do sistema genital masculino. que abrange a próstata, uretra, pênis, vesículas seminais, epidídimo e testículos, tratando inclusive de enfermidades da sexualidade masculina, tais como: impotência, ejaculação precoce, infertilidade, entre outras.Comumente relaciona-se a Urologia com “doenças ligadas ao homem”, porém, o sistema urinário, composto pelos rins, ureteres, uretra e bexiga é comum para ambos os sexos, apenas a uretra é mais longa no homem, desta forma, o urologista poderá tratar tanto homens quanto mulheres.No entanto, a Urologia deverá ser separada da Nefrologia, pois esta última é considerada clínica, e cuida apenas de alguns distúrbios relacionados com a função renal defeituosa ou ausente, como por exemplo: nefrites, nefroses e insuficiência renal.O médico urologistaA Urologia é um nobre campo de atuação da Medicina, o qual abrange, como pudemos observar um grande número de enfermidades relacionadas ao sistema urinário de ambos os sexos, em adultos e crianças, e mais especificamente em homens, no que se refere ao sistema genital masculino.O Urologista poderá atuar em consultórios e clínicas, particulares ou públicos, atendendo e orientando inclusive na área de fertilidade conjugal. Para isso a sua formação deverá ter como base a faculdade de Medicina, com duração de seis anos, que consiste em ciclo básico ( disciplinas como farmacologia, anatomia e fisiologia), ciclo profissional ( escolha da especialidade: pediatria, ginecologia, urologia, etc.) e internato ou estágio ( no mínimo um ano em hospital, período integral).Após este período há a fase de residência hospitalar, na área de Urologia, que dura aproximadamente dois anos, onde o recém-formado será assistido por uma equipe de especialistas e professores da área.Sempre faz-se necessário lembrar que o aprendizado e a atualização deverão ser constantes, além disso, algumas qualidades como: bom-senso, ética profissional, sensibilidade, entre outras farão deste profissional um diferencial no mercado de trabalho.Fontes- Sociedade Brasileira de Urologia- Artigo: Urologia Conceito, Dr. Gomes,Soares C.