Unha encravada Campinas, São Paulo

Informações sobre Unha encravada em Campinas. Encontre aqui endereços e telefones de médicos especialistas, clínicas e hospitais em Campinas, além de artigos sobre Unha encravada.

Ruy Palagi
(19) 3322-1000
R. Mário Siqueira 301
Campinas, São Paulo
Especialidade
Dermatologia

Dados Divulgados por
Helena D'Ambrosio Fernandes
(19) 3236-3224
Sacramento 501
Campinas, São Paulo
Especialidade
Dermatologia

Dados Divulgados por
Andrea Miyuki Yoshimura
(19) 3112-4626
Av Heitor Penteado 1780
Campinas, São Paulo
Especialidade
Dermatologia

Dados Divulgados por
Regina Celia Malavassi
(19) 3231-5571
Avenida Brasil 504
Campinas, São Paulo
Especialidade
Dermatologia

Dados Divulgados por
Valeria Pereira Leite Santos
(19) 3251-8399
Campinas, São Paulo
Especialidade
Dermatologia

Dados Divulgados por
Marcos Tiago Cervi
(19) 3518-3000
Rua José Pires Neto 160
Campinas, São Paulo
Especialidade
Dermatologia

Dados Divulgados por
Adelaide Aparecida Thome
Rua Barao de Itapura 1100 - 6º Andarsl.62
Campinas, São Paulo
Especialidade
Dermatologia

Dados Divulgados por
Dolores Figuerola Timoneda
Rua Costa Aguiar 698
Campinas, São Paulo
Especialidade
Dermatologia

Dados Divulgados por
Marcelo D'Ambrosio Fernandes
(19) 3236-3224
Sacramento 501
Campinas, São Paulo
Especialidade
Dermatologia

Dados Divulgados por
Martha Maria do Carmo Bandicioli
(19) 3253-1222
Jose Bonifacio 2090
Campinas, São Paulo
Especialidade
Dermatologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Unha encravada

A popularmente conhecida unha encravada, de nome científico onicocriptose, surge quando a borda lateral da unha fere a pele adjacente. Esse processo ocorre porque a pele cria uma barreira, dificultando o crescimento da unha, e como esta, por sua vez, continua crescendo, ela acaba por perfurar a pele, resultando em inflamação e dor.Apesar de poder acometer as mãos, comumente, esta condição ocorre nos pés, devido a cortes incorretos das unhas ou uso de sapatos apertados, sendo o dedo mais afetado é o hálux, conhecido domo dedão do pé. Pode afetar também crianças recém-nascidas, em consequência do uso de macacões fechados, caso estes não fiquem bem folgados.As manifestações clínicas iniciam-se com dor local, que aumenta de intensidade gradativamente, podendo tornar-se insuportável. Há inflamação (dor, rubor, calor e edema) da pele adjacente à unha afetada, podendo também ocorrer liberação de secreção purulenta e um granuloma piogênico, conhecido como carne esponjosa.A melhor maneira de prevenir a unha encravada é cortando as unhas corretamente. Devem ser cortadas retas, nunca removendo os cantos, deixando sempre as pontas livres. Recomenda-se também evitar o uso de calçados fechados.O tratamento varia de acordo com a gravidade de cada caso, indo desde simples medidas, como o afastamento da pele inflamada com um pedaço de algodão, até tratamentos cirúrgicos para retirada do tecido inflamado ou erradicar a matriz da unha no local onde ela encrava. Não é aconselhada a extração da unha, pois quando esta volta a crescer, pode encravar novamente. Nos casos mais graves, onde há infecção secundária, pode ser necessário o uso local ou oral de antibióticos. Quando o granuloma piogênico está presente, deve ser cauterizado. O médico dermatologista é quem deve indicar qual o melhor tratamento.Fontes:http://www.copacabanarunners.net/unha-encravada.htmlhttp://boasaude.uol.com.br/lib/ShowDoc.cfm?LibDocID=3311&ReturnCatID=1797http://www.podologiabr.com/detalhes.asp?cod=54http://pt.wikipedia.org/wiki/Unha_encravadahttp://www.dermatologia.net/novo/base/doencas/unhaencravada.shtml