Tratamento de Varizes Cuiabá, Mato Grosso

Encontre Tratamento de Varizes em Cuiabá. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Ana Helena Dotta
(65) 3623-1696
Rua 24 - de Outubro N 950
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Angiologia

Dados Divulgados por
Celso Antunes Maciel
Rua Comandante Costa 2151
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Angiologia

Dados Divulgados por
Clínica Equilíbrio
(65) 3023-1707
Rua Cursino do Amarante 348
Cuiabá, Mato Grosso
 
Márcio Benedito Palma Pimenta
(65) 3052-5560
Avenida Miguel Sutil 8000 s 606
Cuiabá, Mato Grosso
 
Cândido Duarte Braga Neto
(65) 3025-7575
Rua Áureo Lino da Silva 785
Cuiabá, Mato Grosso
 
Eliseu Eduardo Valarini
Rua Almirante Henrique Pinheiro Guedes 442
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Angiologia

Dados Divulgados por
Pss Ouro Fino
(65) 3617-1464
Rua Brasil 1668
Cuiabá, Mato Grosso
 
Clínica Coronado
(65) 3321-0768
Avenida das Flores 797
Cuiabá, Mato Grosso
 
Instituto da Face
(65) 3321-4029
Rua Marechal Mascarenhas de Moraes 18
Cuiabá, Mato Grosso
 
Centro Médico São Matheus
(65) 3642-1700
Rua Aclimação 243
Cuiabá, Mato Grosso
 
Dados Divulgados por

Tratamento de Varizes

Pernas mais bonitas

Vestir um short ou uma minissaia neste verão não está nos seus planos por causa dos vasinhos e varizes? Tire essa ideia da cabeça, já! Confira cinco técnicas seguras e eficazes que são capazes de acabar com esse problema. Não quer se submeter a tratamentos? Então, dê uma olhada em nossas sugestões de produtos de beleza que vão te ajudar a deixar as pernas lindas.


O que são varizes e vasinhos?
Se você morre de vergonha de desfilar por aí a bordo de uma minissaia por causa de vasinhos ou varizes, saiba que não está sozinha: três em cada dez pessoas têm varizes e, adivinhe, a maioria delas é mulher! Além de ser extremamente antiestético, essas veias dilatadas ou saltadas provocam dor, sensação de peso e, pior, podem até causar um problema de circulação. Mas fique calma! Afinal, existem diversas técnicas (elas podem ser feitas sozinhas ou combinadas) que podem dar cabo do problema – uma delas, com certeza, vai resolver o seu. “O melhor tratamento é aquele que leva em consideração cada caso. Daí a importância de avaliar o histórico da paciente, se ela passa muito tempo em pé, fuma, é sedentária ou não”, conta o cirurgião vascular Ricardo Aun, do Hospital Israelita Albert Einstein e professor da Universidade de São Paulo (USP). Uma recomendação vale para todo mundo, inclusive como prevenção: é preciso controlar o peso e malhar pelo menos três vezes por semana. Os melhores exercícios são aqueles que promovem a contração e o relaxamento da panturrilha, como caminhar, subir escadas e fazer alongamento, pois estimulam a circulação sanguínea.

Varizes x vasinhos
Varizes são veias superficiais dilatadas nos membros inferiores. A causa ainda não é conhecida, mas acredita-se que tenha a ver com genética. Elas perdem a elasticidade, distendem e ficam mais longas. Isso explica por que elas são tortuosas – afinal, estão mais compridas e precisam caber no mesmo espaço de antes. Há ainda as microvarizes, de tons azulados, que aparecem especialmente na lateral das coxas e dos joelhos e são um pouco menores: o calibre varia de 2 a 4 milímetros. As mais grossas podem chegar até 8 milímetros. Vale lembrar que as varizes também podem ser estreitas. Nesse caso, são popularmente conhecidas como vasinhos – são fáceis de identificar pela cor (avermelhada ou arroxeada), localização (os alvos principais são as coxas e o bumbum) e espessura (até 1 milímetro de diâmetro, como um fio de cabelo).