Patologias da Válvula Mitral Araguaína, Tocantins

Informações sobre Patologias da Válvula Mitral em Araguaína. Encontre aqui endereços e telefones de médicos especialistas, clínicas e hospitais em Araguaína, além de artigos sobre Patologias da Válvula Mitral.

Juan Fernando Terrones Caceres
(63) 3413-9200
R. 25 de Dezembro 285
Araguaína, Tocantins
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Centro Cárdio
(63) 3413-9200
Rua 25 de Dezembro 420
Araguaína, Tocantins
 
Da Vita
(63) 3421-2249
Rua Porto Rico 30
Araguaína, Tocantins
 
Maria Carmelita Souza e Silva
(63) 3421-4463
Rua H 300 lt 01 cj 1B
Araguaína, Tocantins
 
Complexo Saúde
(63) 3421-2155
Avenida Marginal Neblina 751
Araguaína, Tocantins
 
Caio Augusto Ferreira do Amaral
(63) 3412-9200
Rua 25 de Dezembro 343
Araguaína, Tocantins
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Unicardio
(63) 3414-4418
Rua Sadoc Correia 262 qd 38 lt 3
Araguaína, Tocantins
 
Col Clínica de Otorrinolaringologia
(63) 3414-1413
Avenida 1º de Janeiro 1453
Araguaína, Tocantins
 
Clínica de Fisioterapia e Reabilitação Novo Estado
(63) 3414-0804
Rua Sadoc Correia 339
Araguaína, Tocantins
 
Hueverson Junqueira Neves
(63) 3414-2828
Rua Sadoc Correia 373 s 6
Araguaína, Tocantins
 
Dados Divulgados por

Patologias da Válvula Mitral

A válvula que comumente é mais lesionada é a válvula mitral. Há dois tipos de valvulopatias mitrais:No caso de estenose mitral, quando a válvula entre o átrio e o ventrículo esquerdos não se abre adequadamente, levando a uma conseqüente hipertrofia do átrio esquerdo para conseguir expelir o sangue que ficou acumulado em seu interior.No caso de insuficiência mitral, no qual a válvula não consegue se fechar completamente, havendo uma dilatação progressiva do átrio esquerdo, para poder conter o sangue que reflui do ventrículo esquerdo.Este tipo de valvulopatia pode permanecer quiescente por muitos anos, sem apresentar sintomatologia, como pode manifestar-se subitamente. As manifestações mais comuns são similares às da insuficiência cardíaca e normalmente agravam-se gradativamente, apresentando sensação de falta de ar, cansaço, náuseas, palpitações e, em situações mais avançadas, surgimento de edemas e inchaço das pernas e comprometimento do estado geral. Entretanto, a turbulência do fluxo sanguíneo no interior da câmara cardíaca e a insuficiência cardíaca podem levar a diversas complicações.A terapêutica, nestes casos, visa tratar a evolução da insuficiência cardíaca e prevenir as possíveis complicações, devendo-se recomendar uma dieta pobre em sal e fármacos que normalizem a freqüência e otimizem a função cardíaca, como é o caso dos digitálicos, juntamente com diuréticos, anticoagulantes, antibióticos e antiarrítmicos. Nos casos mais graves, pode-se lançar mão do tratamento cirúrgico, através de um cateterismo cardíaco, para reparar o tecido valvular danificado, ou então, uma cirurgia para substituir a válvula mitral por uma prótese.Fontes:http://www.medipedia.pt/home/home.php?module=artigoEnc&id=120http://www.manualmerck.net/?id=45http://www.imcc-cardio.com.br/site2010/suasaude.php?cntId=58