Clínica Proctologista Rio de Janeiro, Rio de Janeiro

Encontre Clínica Proctologista em Rio de Janeiro. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Jose Mauricio Magacho dos Santos
228-9249
R. Cirne Maia 56 - 03
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Especialidade
Coloproctologia

Dados Divulgados por
Carlos Antonio da Silveira
(60) 0222-6565
R Ipiranga 97
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Especialidade
Endoscopia

Dados Divulgados por
Joao Carlos de Almeida Soares
(21) 2539-1198
R Jardim Botanico 146
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Especialidade
Endoscopia

Dados Divulgados por
Mauro Lucio Santos de Almeida
2436-1809
Est. de Jacarepagua 7709 - 701
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Especialidade
Coloproctologia

Dados Divulgados por
Leonardo Machado de Castro
(21) 2493-9377
Av. Armando Lombardi 1000 - Sala 222 Bl 1
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Especialidade
Coloproctologia

Dados Divulgados por
Paulo Machado do Couto Soares
3899-4650
Av. D. Helder Camara 5474 - 3030/3035
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Especialidade
Coloproctologia

Dados Divulgados por
Carlos Alberto Correa Neto
(21) 2538-1780
R Voluntarios da Patria 445 - Sl. 303
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Especialidade
Endoscopia

Dados Divulgados por
Fernando Pinto Bravo
226-6727
R. Voluntarios da Patria 445 - 809
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Especialidade
Coloproctologia

Dados Divulgados por
Zeev Sheps
2557-9570
R. 2 de Dezembro 78 - 818
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Especialidade
Coloproctologia

Dados Divulgados por
Ronaldo Taam
(42) 5125-2189
R Visconde de Piraja 407 - Sl. 406
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Especialidade
Endoscopia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Clínica Proctologista

Proctologia ou Coloproctologia é uma especialidade médica que estuda as doenças do intestino grosso (colon), do reto e ânus.

Etimologicamente:
colo: do latim collon, ou do grego kólon, significando parte do intestino grosso situada entre o íleo e o reto; um
procto: do grego proktós, significando ânus e, por extensão, reto;
logia: do grego lógos, significando ciência, estudo.

Antes conhecida como Proctologia, a especialidade médica passou a ser melhor referida pelo termo Coloproctologia por incluir também o estudo e abordagem terapêutica das doenças do intestino grosso (colon).

A Proctologia, embora pareça ser uma especialidade médica recente, tem uma história de pelo menos 5.000 anos, sendo documentados diversos tratamentos ou procedimentos proctológicos em praticamente todas as civilizações. Na civilização egípcia, por exemplo, a descoberta de hieróglifos e sua decifração revelou que, dentre os médicos pessoais do Faraó, existia um que cuidava de suas mazelas anais, sendo denominado "O Gardião do Ânus do Faraó"1.

A Proctologia é a especialidade médica responsável pelo diagnóstico e tratamento das afecções que acometem o trato digestório terminal, compreendendo os seguintes órgãos: cólons, reto e ânus. Assim, podemos denominá-la também de Colo-proctologia. Dentre as principais doenças que acometem esses segmentos anatômicos, encontramos, por exemplo, desde entidades orgânicas como os tumores e as doenças hemorroidárias, até condições funcionais como a constipação (prisão de ventre) e a síndrome do intestino irritável.

Para se ter uma idéia da prevalência de algumas dessas doenças em nosso meio, cito o câncer colo-retal que hoje, no Brasil, ocupa o terceiro lugar entre as mulheres e o quarto entre os homens em se tratando de neoplasia maligna de uma maneira geral2. Por outro lado, após os cinquenta anos, pelo menos 50% dos seres humanos já manifestou algum sintoma relacionado à doença hemorroidária3. Portanto, a importância do especialista em investigar e diagnosticar uma determinada queixa do paciente se impõe, já que diversas doenças podem cursar com sintomas semelhantes. Como exemplo, o sangramento ano-retal, que muitas vezes é banalmente atribuído às "hemorróidas", pode, em alguns casos, ser a manifestação inicial de um câncer de reto.

Dessa forma, devemos sempre buscar ajuda de um profissional especializado para avaliação de algum sintoma, principalmente diante de queixas como hemorragia digestiva, perda de peso, alteração importante do hábito intestinal ou anemia.