Abdominoplastia Araguaína, Tocantins

Informações sobre Abdominoplastia em Araguaína. Encontre aqui endereços e telefones de médicos especialistas, clínicas e hospitais em Araguaína, além de artigos sobre Abdominoplastia.

Centro Medico Popular Ltda
(63) 3415-2064
r Sadoc Correia, 561, St Central
Araguaina, Tocantins

Dados Divulgados por
Clinica Medica do Transito Ltda
(63) 3413-4688
r Ademar Vicente Ferreira, 1865, St Central
Araguaina, Tocantins

Dados Divulgados por
Clinica de Diagnostico Oral Radio Face S/s Ltda
(63) 3414-5526
r Primeiro de Janeiro, 1064, Qd 3 Lt 1 Lj 7, St Central
Araguaina, Tocantins

Dados Divulgados por
Carina Amaral Salerno
(63) 3435-1171
r José de Brito Soares, 631, Sl 1, St Anhangüera
Araguaina, Tocantins

Dados Divulgados por
V. C. B. Tavares - Me
(63) 4140-5090
av Tocantins, 1030, Qd 90 C Lt 1, St Central
Araguaina, Tocantins

Dados Divulgados por
Ali Alves Ferreira
(63) 3414-8388
r Zico Monteiro, 9
Araguaina, Tocantins

Dados Divulgados por
Certo - Centro Especializado Em Radiologia do Tocantins S/c Ltda
(63) 3415-2978
av Tocantins, 1000, St Central
Araguaina, Tocantins

Dados Divulgados por
Massod Antonio
(63) 3412-7204
r Sadoc Correia Q Wr2, 494 lt 10
Araguaina, Tocantins

Dados Divulgados por
Magrela Estetica
(63) 3421-4540
av Pres Getúlio Vargas, 68 S Central
Araguaina, Tocantins

Dados Divulgados por
Associacao Cultural de Araguaina
(63) 3414-7383
r Getúlio Vargas, 251, Ltm Povoado Barros
Araguaina, Tocantins

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Abdominoplastia

A abdominoplastia, também conhecida como demolipectomia, é um procedimento cirúrgico estético que objetiva remover gordura e pele em excesso da região abdominal, habitualmente por motivos estéticos.A parede abdominal é composta por diversas camadas responsáveis por envolver e proteger as estruturas situadas na cavidade abdominal. Logo abaixo da pele encontra-se o tecido subcutâneo, formado especialmente por tecido adiposo e, mais profundamente, encontram-se três camadas superpostas de tecido muscular, responsáveis pela contração abdominal com compressão das estruturas profundas viscerais. De todas as partes do organismo, o tecido subcutâneo do abdômen, na maior parte das vezes, é o local onde a gordura mais se acumula.O procedimento de abdominoplastia é indicado em casos de envelhecimento, excesso de pele devido à grande perda de peso ou então resultante de gestações. Dependendo do tipo de problema ocorrido, pode ser necessária a correção das paredes musculares profundas do abdômen, ou apenas os da superfície, na região do subcutâneo.Anteriormente à realização da abdominoplastia, são solicitados alguns exames de rotina, como exames de sangue (coagulograma, hemograma, glicose, função renal e proteínas), de urina e eletrocardiograma.Normalmente, aplica-se anestesia geral nesse tipo de cirurgia, mas também pode ser peridural ou similar. Realiza-se uma incisão horizontalmente acima da implantação dos pêlos pubianos, prolongando-se lateralmente em maior ou menor extensão, variando de acordo com o volume do abdômen a ser corrigido. Por conseguinte, desloca-se amplamente a parede anterior e lateral do abdômen, possibilitando uma visualização da parede muscular, bem como as correções necessárias.Após corrigido os defeitos, tanto das paredes profundas quanto superficiais, é feito o fechamento da parede e reposicionamento da cicatriz umbilical em sua posição natural. Subsequentemente, o paciente é colocado na cama com o corpo semi-flexionado para evitar a tração dos tecidos remodelados. No geral, a hospitalização para este tipo de procedimento gira em torno de 2 a 3 dias.Durante as primeiras 48h do pós-operatório é normal o paciente apresentar dor que é controlada por meio do uso de anti-inflamatórios e analgésicos. Durantes os primeiros 15 após a cirurgia, deve-se evitar realizar esforço físico, devido ao risco de ruptura das suturas feitas na musculatura. O paciente retorna à sua rotina normal gradativamente, sendo que a cicatriz final irá depender basicamente da cicatrização individual.As complicações são raras, mas podem ocorrer, como: infecções, hematomas, seroma, problemas na cicatrização e trombose.Fontes:http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?469http://www.portalcirurgiaplastica.com.br/abdominoplastia/http://abdominoplastiamed.com/http://www.zamarian.com.br/html/corpo/abdominoplastia/abdomen.html